EXPONDO OS ERROS DA

REDE MINISTERIAL:

 

1. INTRODUÇÃO

De acordo com o livro "Rede Ministerial" da Editora Vida, 1996, dois líderes Norte Americanos se destacaram na criação desse sistema. São eles Bruce L. Bugbee, fundador e presidente da Network Ministries International ( California, USA ) e Bill Hybels, pastor e fundador da Willow Creek Community Church ( South Barrington, Chicago, Illinois, USA). A intenção é de transformar o púlpito num palco, onde a diversão e o entretenimento prevalece. É um jeito de transformar a igreja num circo. A receita não podia ser melhor nos nossos tempos de apostasia. Milhares de pessoas frequentam a "igreja" de Willow Creek, que chegou a atingir o número de mais de 15.000 membros! Ótima receita para os Batistas apóstatas que são ávidos por crescimento a qualquer custo! Esta igreja é apelidada nos Estados Unidos da "igreja do entretenimento" tal são os dons bizarros e eventos que se inventa. Como não podia deixar de ser a música rock, o ecumenismo e outras práticas neo-evangélicas são adotadas para "atrair" as multidões. Bill Hybels faz questão de se diferenciar dos fundamentalistas, permite a prática de se beber álcool socialmente e adota estranhas crenças sobre como o plano de Deus é diferente para a sua igreja em relação às demais. A Willow Creek Community Church de Bill Hybels ''é notada como a Segunda maior igreja 'Protestante' na América do Norte" e é tida como modelo de crescimento de igreja. Hybels é um pregador popular em círculos Evangélicos, aparecendo, por exemplo, na Semana de Conferências Moody's Founders acompanhado de homens como: Billy Graham, E.V. Hill e Warren Wiersbe.

 

2. A REDE MINISTERIAL NASCEU COM PRINCÍPIOS ERRADOS, INSPIRADA EM PADRÕES MUNDANOS E PECAMINOSOS E NÃO DA BÍBLIA! FAZER O QUE O POVO QUER?

Os fundadores da rede ministerial mencionados, Bruce Bugbee e Bill Hybels, são ambos declaradamente não fundamentalistas. Veja só a conclusão do pastor Bill Hybels ao pesquisar a sua vizinhança: ele descobriu que as pessoas de um bairro no subúrbio de Chicago não freqüentavam igreja alguma por que se sentiam mal com a mensagem muito "negativa" que ouviam, sempre se mencionando pecado, o que causava um sentimento de culpa. A "solução" adotada por Bill Hybels, então, foi dar ao povo o que o povo queria, (a voz do povo é a voz de Deus?). Foi dado um evangelho macio, adaptado ao ego dos descrentes, de forma aos mesmos se sentirem "não ameaçados e entretidos". Vestimenta na igreja? Qualquer uma. Bermuda, chinelo... Música? Contemporânea, "rock cristão"... Transforme a igreja num imenso parque temático... A fórmula foi um sucesso total! Grande contraste com o verdadeiro evangelho! " ...cuidando que a piedade seja causa de ganho, aparta-te dos tais." I Tm 6:5. Vejamos que essa mentalidade pecaminosa é a exata característica da igreja de Laodicéia! Laodicéia é um nome composto que significa: laos = povo, dikeia=justiça. Justiça do povo, vontade do povo, desejo do povo...Faça o que o povo quer. Por isso que ela é rica!!!


3. A REDE MINISTERIAL NASCEU NO CORAÇÃO DE HOMENS LIBERAIS!

Bill Hybels, que tinha como mentor, Robert Schuller* (G.A. Pritchard, Willow Creek Seekers Services: Evaluating a New Way of Doing Church, Baker: 1996, pp. 49-58), está liderando um movimento mundial. Participando recentemente numa conferência de treinamento de líderes em Willow Creek ... estavam mais de 2,300 líderes de igrejas da Australia, Bahamas, Canadá, Inglaterra, Holanda ... Índia, Japão, Coréia ... Noruega, Escócia, Suécia, Estados Unidos ... [e outros]. ... Willow Creek ... [com] mais de duzentos e setenta membros do staff em tempo integral e parcial ... está atualmente ditando as regras de como se fazem as coisas na igreja para milhares de igrejas." (Ibid., p. 11). Schuller disse:


"Eu fui a primeira pessoa a apresentar o real crescimento da igreja para a Igreja Americana. ... Ele [Hybels] se tornou o primeiro a tomar esses princípios, refiná-los e maximizá-los à maior dimensão do seu potencial.... Eu sou tão orgulhoso dele... Eu o tenho como filho. Eu penso nele como uma das maiores coisas que aconteceram no cristianismo de nosso tempo... Bill Hybels está fazendo o melhor trabalho em relação a qualquer pessoa que eu conheça!" (Ibid., p. 56)

* Robert Schuller, pastor da Crystal Cathedral na California, é um forte liberal, que nega doutrinas fundamentais.




4. A REDE MINISTERIAL É ECUMÊNICA !

BILL HYBELS como pastor de Willow Creek Community tem desviado multidões na direção do de ecumenismo. Ele convidou um padre Católico Romano, Fr. Med Laz da Igreja Sagrada Família, para pregar no púlpito da sua Willow Creek Community Church, para compartilhar com a congregação "O Que os Protestantes Podem Aprender com os Católicos." Ao apresentar Laz, Hybels disse como ele [Hybels], atendeu também o convite de Laz, e falou numa conferência de Líderes Católicos na [Congregação da] Sagrada Família e que ele [Hybels]:

"desenvolveu um enorme respeito e admiração por este homem como irmão em Cristo..." (transcrito do audiotape M9010, "What Protestants Can Learn from Catholics," Bill Hybels/Fr. Med Lax, 0304, Seeds Tape Ministry, 67 E. Algonquin Rd., South Barrington, IL 60010, a ministry of Willow Creek Community Church).

Laz disse então como "realmente se tornou um cristão" depois de já ser um padre e como isso aconteceu ao ir a um motel às 2 horas da manhã e resistiu a tentação de ir para a cama com uma mulher. Depois disso, se sentiu tão bem que, a partir daí, sabia que era um cristão. Esse testemunho foi recebido com um grande e entusiástico aplauso, apesar de estar longe de ser considerado pelos evangélicos como uma conversão. Ainda mais, tal "testemunho" implica num endosso de alguém que não conhece a Cristo. Mesmo admitindo que ele [Hybels] e o padre não concordavam em tudo, as diferenças eram muito pequenas para serem mencionadas. Hybels tinha apenas louvores para a Igreja Católica Romana e seu falso evangelho. Ele disse para a congregação que via nele liderança e direcionamento:


"Eu acredito que temos algumas coisas a aprender da Igreja Católica e eu gostaria de pedir ao Med... [o padre Med Laz] para nos dizer o que são algumas das coisas louváveis da Igreja Católica Romana que você acha que os Protestantes podem aprender..." (Ibid.)


[Padre] Laz se vangloriou que Madre Teresa de Calcutá era parte da Igreja Católica e Hybels deixou implícito que os Protestantes tinham inveja disso. Não foi dada uma palavra sequer a respeito do deficiente testemunho dela. Laz também se vangloriou que a Casa do Pacto, (Covenant House), o maior abrigo da America para os sem-teto era dirigido pelas freiras católicas. Novamente, a única resposta de Hybels foi a de aprovação.

Não só isso! Pasmem com o que esse apóstata Hybels fêz: Ele convidou um líder Mulçumano (isso mesmo!) para apresentar a propaganda islâmica em sua mega igreja de Willow Creek! Para um suposto "líder cristão" dividir o púlpito com um Mulçumano e permitir que ele dissemine a falsa doutrina do Islã sobre o rebanho (se é que ainda se pode dizer assim) é exatamente o que o apóstolo Paulo advertiu aos pastores fiéis sobre proteger as igrejas dos falsos mestres, lobos vestidos de ovelhas, que investiriam contra a igreja verdadeira de Deus (Atos 20:28-31). Ao invés disso, esse apóstata Hybels, guru da Rede Ministerial, filhote de Robert Shuller, abre as portas da frente para que os lobos devorem as ovelhas. Se bem não se pode mais ter certeza se aquele Mega-Circo pode ser chamado de rebanho e que aquele "líder" alguma vez foi sequer pastor... Isso mostra a que ponto se chega quando a doutrina da separação é rejeitada. Que tragédia é essa Rede Ministerial!



5. A REDE MINISTERIAL USA O ROCK'N ROLL E MÚSICAS MALIGNAS CONTEMPORÂNEAS NOS CULTOS, TRANSFORMANDO A IGREJA NUM MEGA CIRCO NEO-EVANGÉLICO!

A idéia dessa igreja singular, veio de um professor de
Wheaton College em 1972, quando Hybels estudava teologia em Trinity College. Hybels contou como usava dança e drama no seu ministério com jovens chamado ‘Son City’. Na revista Time, num artigo de Maio de 1986, disse que ele [Hybels] usava ‘Música rock cristã’ e slide shows com multi-media, para mostrar um cristão dançando jazz num culto de domingo. Prestemos atenção no nível da linguagem e no nível das convicções do tradutor do livro Rede Ministerial e seu maior proponente no Brasil, nessa declaração a seguir:

"Acabo de chegar de um super show gospel onde rolou Stauros, Oficina G3, Brother Simeon, Kleber Lucas, Vox Dei e outras bandas locais. Tudo muito bom. Galera animada, agito, muito "jump", louvor, gestos de euforia, muito som e suor. Coisa de jovem! Lá estavam eles, filhos de uma geração que teve o seu momento nos embalos de sábado à noite ou nos comportados shows do Milad, Vencedores e Grupo Logos. Além da "troop" jovem, alguns abnegados adultos, e raras famílias acompanhavam o show. Do ponto de vista das apresentações, valeu ver e ouvir os artistas evangélicos destacados pela excelente qualidade musical e pelo compromisso com Deus evidenciado na postura de palco e fora dele. Coisa de gente grande! Já na platéia, muitos - não todos, é claro, davam um show de "Vale Tudo" que ia da violência à sensualidade revelando o triste estado espiritual dos nossos jovens e adolescentes."

(Artigo "A hora do show", Pr. Armando Bispo, Colunas Filhos e Pais website: www.uol.com.br/bibliaworld)

Ao constatar a feiúra do monstro criado, os Neo-Evangélicos defensores da Rede Ministerial, ao invés de mudarem o método da criação e mudarem a alimentação podre que fez parte da dieta deles todos, põem a culpa SOMENTE nos coitados dos jovens... Veja a que ponto chegaram os líderes da Rede Ministerial se juntando com a JOCUM!



6. A REDE MINISTERIAL ACEITA A HERESIA DE MULHERES PASTORAS

O caráter anti-bíblico do ministério de Willow Creek é manifestado também pela aceitação da heresia de mulheres pastoras. A informação a seguir foi tirada do artigo "Fêmea Fatal: A Sedução Feminista das Igrejas Evangélicas" ("Femme Fatale: The Feminist Seduction of the Evangelical Church," World magazine, March 29, 1997 --) A mudança [para as Bíblias de linguagem inclusiva] se encaixa com a tendência em direção ao igualitarismo -- a negação de qualquer distinção entre homens e mulheres--na igreja e no lar. Os igualitários afirmam que mulheres devem ser pastoras, anciãs e co-cabeças de famílias. Gilbert Bilezikian, professor emeritus de Wheaton College e autor de "Além dos Papéis Sexuais" ("Beyond Sex Roles"), coloca sem cerimônia:


"Não pode haver uma comunidade autêntica, como descrita no Novo Testamento, sem a inclusão plena de todos os membros no ministério vida e liderança do grupo."


O Sr. Bilezikian é um pastor (ancião) fundador e teólogo influente de Willow Creek Community Church em South Barrington, Illinois. Willow Creek faz explicitamente a conexão entre a posição igualitária de papeis das mulheres e as traduções Bíblicas. A declaração de Janeiro de 1996 sobre os papéis sexuais, coloca claramente que Willow Creek está comprometida com "o encorajamento do uso de traduções das Escrituras que precisamente veiculam a vontade de Deus que Sua igreja seja uma comunidade inclusiva" ("Fêmea Fatal: A Sedução Feminista das Igrejas Evangélicas" -- "Femme Fatale: The Feminist Seduction of the Evangelical Church," World magazine, March 29, 1997).



7. A REDE MINISTERIAL ACATA A HERESIA DO CRIACIONISMO PROGRESSIVO

No web-site de um herege travestido de criacionista chamado Dr. Hugh Ross, um falso mestre, evolucionista disfarçado e promotor de verdadeiros disparates contra o criacionismo Bíblico, está registrada a declaração-propaganda do guru da Rede Ministerial, Bill Hybels:

"Hugh Ross sempre oferece perspectivas estimulantes sobre ambos Deus e a ciência. E esse último livro [Hybels está se referindo ao livro de Ross "Beyond the Cosmos"] certamente o encorajará a pensar, quer você seja um seguidor de Cristo, um investigador espiritual ou até mesmo um cético.

Bill Hybels, senior pastor, Willow Creek Community Church"

Esse tipo de declaração irresponsável e desencaminhadora, na verdade só vem demostrar e provar de uma vez por todas, como os Neo-Evangélicos são traidores da Palavra de Deus se associando com todo o tipo de gente que nega as doutrinas fundamentais das Escrituras. Na verdade, há muito em comum entre os Neo-Evangélicos e os compromitentes da doutrina do criacionismo: Ambos querem agradar ao mundo e aos ímpios, querem usar os métodos mundanos para que os seus "magníficos" resultados e "ganhos" sejam interpretados como piedade. Justamente o contrário: é sinal de apostasia. Aparta-te dos tais! (1Tm. 6:5)


8. CONCLUSÃO

A Rede Ministerial é essa maneira RETUMBANTE, EFICIENTE, MASSIFICADA, INCLUSIVA e MODERNA, de se administrar as igrejas resultando num INCHAÇO ESPETACULAR de pessoas. É portanto, bem ao ritmo apóstata, decadente, ecumênico e frio espiritualmente da apostasia da Laodicédia de hoje. É muito importante reconhecermos os sinais dos tempos. A apostasia, sinal inequívoco da iminência do arrebatamento e do surgimento do "homem do pecado", está aumentando exponencialmente. O Diabo está lançando mão de suas últimas armas, que são invisíveis aos tolos e desavisados pela ignorância ou rebeldia voluntária. Rejeitemos a Rede Ministerial, que prega um evangelho falso, fácil e populista. Valorizemos a pregação pura da Palavra de Deus, que envolve arrependimento e separação do mundo, tão atolado na falsa religião ecumênica que aclamará de braços abertos o anti-cristo, que usará a sua Rede Ministerial, que de tão "bem sucedida" que abrangerá o mundo inteiro!


E se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, que estão escritas neste livro." (Apoc. 22:19)

JPMA

1ª edição SET/2000

BIBLIOGRAFIA

1- Rede Ministerial - Editora Vida
2- Modern Bibles- The Dark Secrets, Dr. Jack Moorman.
3-A BÍBLIA SAGRADA - Edição Almeida Corrigida e Fiel Sociedade Bíblica Trinitariana do Brasil, 1995.
4-NIV INCLUSIVE LANGUAGE EDITION "NI-VILE", Dr. D. A. Waite, 1997
5-MODERN BIBLE VERSIONS, David Cloud, 1994.
6-THE LIVING BIBLE, BLESSING OR CURSE, David Cloud, 1991.
7-BILL HYBELS AND THE ROMAN CATHOLIC CHURCH, David Cloud, 1998.




Ensinos Anti-Bíblicos