Nova Tradução na Linguagem de Hoje:

Velha enganação na linguagem dos apóstatas



Introdução


                 No mundo da indústria automobilística, um fenômeno interessante de marketing e de vendas acontece. Quando um modelo de carro se torna "manjado" e desinteressante, a montadora, no final do ano, faz uma maquiagem no veículo e lança o novo modelo do velho carro tentando dar-lhe uma sobre-vida e "chupar" mais algumas vendas com mudanças superficiais apenas para agradar aos olhos dos compradores que, seduzidos pela novidade, terão o "carro do ano".

                 No mundo das edições modernas da Bíblia, o mesmo fenômeno tem acontecido nesses dias de apostasia.                                                  

                  A pior "Bíblia" na língua portuguesa, a Bíblia na Linguagem de Hoje (BLH), ficou "manjada", e sua linguagem foi ficando, de acordo com a filosofia herege, "desatualizada", pois já quase 30 anos decorriam da sua publicação pela SBB (1973) que endossava o trabalho do apóstata Robert G. Bratcher, que por sua vez foi até expulso (foi convidado a se auto demitir) da American Bible Society (4/Jun/1981) devido a declarações escandalosas e hereges contra a sã doutrina, fato que causou pesadas perdas financeiras para aquela sociedade...  (Note que não foi por causa de perda de pureza doutrinária nem de perda espiritual, mas perda de de dinheiro!) O fato é que a American Bible Society continuou a vender o trabalho herético que é a Good News Bible (ou Today's English Version - a Bíblia na Linguagem de Hoje em inglês).

                  Para corrigir esse eterno problema, um novo título (da agora velha versão) se faria necessário. Qual seria então um novo título atrativo para o velho disfarce de Bíblia? O que pensaria uma comissão destinada a confundir mais ainda a cabeça das pessoas desorientadas com DEZENAS de versões da Bíblia, todas diferentes entre si? Que título dar à nova AVENTURA?

                   Bíblia na Linguagem Atualizadíssima (BLA)? 

                    Não... o superlativo seria difícilmente entendido pelos semi-analfabetos...

                  Bíblia na Linguagem de Amanhã (BLA)?

                    Não... o advérbio de tempo "amanhã" impediria uma revisão futura, já que liquidaria , de uma vez por todas a necessidade e a questão de atualização, pois o amanhã nunca chegaria...

                   Bíblia na Linguagem Universal (BLU)?

                   Boa idéia!  Atingiria os milhões de membros da igreja IURD.. Mas.. não... ainda assim seria restrita.

                   Bíblia na Linguagem Católica (BLC)?

                   Boa idéia!  Atingiria os milhões de católicos! Mas.. não... os evangélicos ainda não estão preparados para esse ecumenismo. Vamos lançar mais para o futuro a Bíblia na Linguagem de Hoje com os livros apócrifos como já fazemos nos Estados Unidos desde 1979, depois então daremos esse avanço.

                    Bíblia na Linguagem Correta (BLC)?

                    Boa idéia!  Atingiria os milhões de pessoas politicamente corretas, mas ... se confundida com  Careta?!

                    Bíblia na Linguagem Dinâmica (BLD)?

                    Boa idéia!  Atingiria os milhões de membros da.... mas... não! Se confundiria com  Diabólica!

                    Bíblia na Linguagem Fácil (BLF)?

                     Boa idéia!  Atingiria os milhões de leitores de bancas de jornal mas... e se confundida com Falsa?!

                    Bíblia na Linguagem Satisfatória (BLS)?

                   Não... não! Poderia ser confundida com a "Bíblia na Linguagem de Satanás"! Seria um desastre de vendas!                   

                       Nova Bíblia na Linguagem de Hoje (NBLH)? 

 

Foi lançada então, a Nova Tradução na Linguagem de Hoje, a NTLH!   E lá está ele novamente! Robert G. Bratcher, o herege que é membro da Comissão de Tradução da Sociedade Bíblica do Brasil (Revista da Sociedade Bíblica do Brasil chamada "A Bíblia no Brasil", nº 192 - Julho a Setembro de 2001, pág. 30)

 

Vejamos os 4 problemas da NTLH (os quais são os mesmos da sua antecessora BLH) que devem causar indignação nos crentes verdadeiros,  que devem repudiar totalmente mais essa tradução bíblica corrupta e herege:

 

                        1. Textos Falsos.

                        2. Tradutores hereges e ecumênicos.

                        3. Técnica Corrupta.

                        4. Teologia Falsa.      (inspirado no livro "Defending The King James Bible", Dr. Waite)

 

1. Textos Falsos.

"Nada acrescentes às Suas Palavras, para que não te repreendas e sejas achado mentiroso"
(Prov. 30:5-6)


O ataque satânico contra a palavra de Deus remonta o Jardim do Éden. A primeira intervenção de Satanás na História foi adulterando e pondo dúvida na Palavra de Deus: nascia a primeira Bíblia na Linguagem de Hoje! O primeiro pecado de Eva foi o de aceitar a suposta palavra de Deus "modernizada" da boca do Diabo. Séculos mais tarde, Satanás recorreu novamente às Escrituras para tentar o Mestre Jesus em Mateus 4:1-11. Com o passar dos séculos, após a consumação da revelação de Deus no Apocalipse, o ataque satânico ficou mais bem elaborado, usando supostos crentes e sociedades Bíblicas. Nasciam "versões" mais POPs, mais adequadas, mais ao estilo das bancas de jornal.


A SBB produziu então, a infame Bíblia na Linguagem de Hoje (BLH), a segunda maior catástrofe Bíblico-teológica em língua portuguesa, só perdendo para a perversão "Mundo Novo" das Testemunhas de Jeová, mas não por muito, pois o texto grego pervertido que baseia ambas é o mesmo: O FAMIGERADO WESTCOTT-HORT.  Esses dois incrédulos, fabricaram um texto grego porcaria em 1881 baseado nos piores manuscritos gregos que estava na lata do lixo de tão imprestáveis, resultando numa salada caótica de texto que JAMAIS EXISTIU NA HISTÓRIA do CRISTIANISMO! Mesmo assim, os "eruditos" almofadinhas, seguidores dos apóstatas do iluminismo, resolveram digerir essa insanidade resultando na  diarréia do CRITICISMO TEXTUAL que agora temos que limpar! 

  

 
2. Tradutores hereges e ecumênicos.

No final da década de sessenta, a ecumênica Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), que é a filha da apóstata UNITED BIBLE SOCIETIES (UBS), se preparava para o lançamento da Bíblia POP: 

 

"A Diretoria da SBB reunida no dia 24 de Outubro de 1967, resolveu autorizar a composição de uma comissão paritária, formada de elementos da igreja católica e de evangélicos, para o estudo da possibilidade de tradução conjunta do Novo Testamento" (Circular da SBB, de 15 de Fevereiro de 1968 - Citada no Livro "A Bíblia Traída" Pr. Aníbal Pereira Reis, p. 37)

 

"...verificamos como a CNBB, através do boletim Telepax, nº 141, cientifica o clero romano: 'No dia 20 de Maio deste ano, reuniu-se a SBB, sob a presidência de Dom José  Gonçalves da Costa, Secretário-Geral da CNBB, e do Rev. Ewaldo Alves, Secretário-Geral da SBB, com a presença dos assessores, observadores e convidados, a Comissão Paritária Nacional (quatro evangélicos e quatro católicos), com o fito de estabelecer os PRINCÏPIOS orientadores para a edição conjunta do Novo Testamento para uso de todos os católicos e evangélicos do Brasil...'" (Obs.: o ano é 1968. A citação é do Livro "A Bíblia Traída" Pr. Aníbal Pereira Reis, p. 45)

 

"O outro passo - e gigantesco passo - aconteceu com a divulgação da obra cognominada A BÍBLIA NA LINGUAGEM DE HOJE em Julho de 1973 da qual 80.000 exemplares receberam a água benta do Imprimatur." (Citação do Livro "A Bíblia Traída" Pr. Aníbal Pereira Reis, p. 47)

Não só isso, veja que a igreja católica nos Estados Unidos também adorou a Bíblia na Linguagem de Hoje em inglês! Veja que eles colocaram o Imprimatur na capa da Today's English Version, e de quebra, com os livros apócrifos! Não só isso, o nome do arcebispo John Francis Whealon aparece na capa!

 

Se o ecumenismo é uma abominação ao Senhor, já se conclui que os envolvidos com esta idéia eram rebeldes e apóstatas. A igreja católica, feliz com a colher de chá dada pela Sociedade Bíblica do Brasil, até distribuiu aos milhares a BLH. Note que tanto é real a parceria SBB com a CNBB, que a Bíblia Atualizada foi recomendada pelos cardeais para os católicos! Isso é um fato amigo e irmão!

Bastaria o início claramente corrompido para qualquer crente sério rejeitar esta "versão"", porém vamos e adiante e analisemos os argumentos ridículos que se usam para defender a Bíblia na Linguagem de Hoje (BLH)e sua versão maquiada a Nova Tradução na Linguagem de Hoje (NTLH):

        2.1 "A BLH é mais moderna"

Verifica-se hoje uma decadência vocabular. É a geração das gírias, dos monossílabos, sem palavras. Nesse embalo, a BLH presta um grande serviço a tendência do momento, esvaziando e alterando o vocabulário Bíblico.

        2.2 "A BLH é mais fácil de entender"

Gerações e gerações de crianças e analfabetos entenderam e se converteram ao escutar a Palavra de Deus. Existem pessoas que aprenderam a ler sozinhas, apenas de posse da Bíblia Revista e Corrigida de Almeida, que possui mais de 300 anos. Não precisamos de uma versão com linguajar medíocre e tendencioso. Por acaso a palavra "sangue" não é conhecida? Porque substituí-la por "morte"? "Barca" de Noé (Heb. 11:7)? Não teriam traduzido "kibotos" (arca no grego) por barca para insinuar o espúrio dilúvio local? "Barulho do gongo" (1Cor. 13:1)? A mensagem da BLH é a de insulto à inteligência das pessoas privando-as de crescer.

        2.3 "A BLH é mais compreensível para crianças, jovens e para o analfabeto."

Na verdade, "A LH avilta as palavras Bíblicas, massifica-as. Até o pobre analfabeto quando conversa com o seu dotô se preocupa em evitar, tanto quanto lhe é possível, certos termos e linguajar do seu vocabulário." Por acaso se colocariam termos próprios dos malandros, dos traficantes, das prostitutas? A Palavra de Deus anuncia as Boas Novas de reconciliar o homem com Deus, de elevar o homem na direção do seu Criador e não de descer mais ainda.

 

3. Técnica Corrupta.

Para produzir uma tradução Bíblica corrupta, a técnica tem que ser a Equivalência Dinâmica, que é inimiga da inspiração verbal. Se você não crê que cada palavra foi inspirada, como a Bíblia claramente diz a respeito de si própria (ver 2Tm. 3:16 e 2Pe. 1:21), você vai precisar inventar a técnica de tradução corrupta de Equivalência Dinâmica, que pouco se importa com a correspondência precisa de uma palavra (na língua original) para outra palavra. A BLH e sua irmã mais nova, a NTLH, usam e abusam da Equivalência Dinâmica de modo que o leitor não tem na sua frente a Palavra de Deus, mas um mero comentário, mal feito, e ainda produzido por apóstatas! Esses desastrados vão dar contas a Deus por isso e se os leitores quiserem ter parte nesse julgamento é só sustentá-los e divulgar esse trabalho. 

4. Teologia Falsa.

Dentre as centenas de erros se destacam apenas alguns devido a limitação de espaço. Não se comenta abaixo as substituições criminosas da palavra sangue (grego haima) por morte.

  • Gênesis capítulo um: São tantas corrupções omissões e inserções de absurdos teológicos, que o espaço não permite enumerar. Veja no link acima. O fato é que até o nome de Deus (Elohiym) os tradutores tiveram a coragem de retirar nos versos 4 (uma vez) e 28 (duas vezes)! Das 30 ocorrências da conjunção "e" no início dos versos (2 a 31), 27 desapareceram! É o evolucionismo criminoso arrombado no texto que nada tem de Bíblico de tão desfigurado!

  • Mat. 1:25 Omitiram a palavra "primogênito" para enfraquecer o nascimento virginal de Jesus Cristo ou reforçar a falsa doutrina católica de que Maria morreu virgem.
  • Mat. 16:3-4 Omitiram as palavras "hipócritas" e "adúltera".
  • Mat. 16:18 Colocaram a palavra igreja com I maiúsculo para uma associação com a Igreja Católica.
  • Mar. 1:1 Adicionaram o nome "Isaías" (texto grego corrupto W-H).
  • Mar. 8:34 Omitiram a expressão "tome a sua cruz" (!)
  • Jo. 1:14,18 3:16,18. Substituíram criminosamente a palavra "unigênito" (gr. monogénes) por "único"
  • At. 20:28 PASMEM!!! Substituíram a expressão "...igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue." e copiaram EXATAMENTE a expressão ENCONTRADA NA BÍBLIA NOVO MUNDO DOS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ!!!      "...sangue do seu próprio Filho".

  •  

  • Rom. 1:29 Omitiram a expressão "prostituição".
  • Rom. 1:31 Omitiram a expressão "irreconciliáveis".
  • 1 Cor. 5:1 Trocaram a expressão "fornicação" por "imoralidade".
  • Ef. 3:9 Omitiram a expressão "por meio de Jesus Cristo".
  • 1 Tim. 3:16 Trocaram criminosamente a expressão "Deus se manifestou em carne" por "ele se tornou um ser humano" .
  • Tito 2:7. Omitiram a expressão que eles detestam: "na doutrina mostra incorrupção"
  • Tiago 4:4 Trocaram a expressão "adúlteros e adúlteras" por "gente infiel".
  • 1 João 4:3. Omitiram criminosamente a expressão "que Jesus Cristo veio em carne"
  • Apoc. 1:11. Suprimiram "Eu sou o Alfa e o Ômega, o primeiro e o derradeiro... "
  •  

    Esta é apenas uma pequena amostra de uma  lista maior das centenas de perversões da BLH e NTLH.


    Conclusão

    A NTLH, de modo semelhante à sua irmã mais velha BLH, nasceu no coração de homens ecumênicos, está saturada de expressões da Nova Era, linguagem macia (politicamente correta) para não ofender as pessoas e indução a doutrinas falsas. De tão desfigurada, transformou-se numa monstruosa colcha de retalhos de apostasia. Sob a desculpa medíocre de popularizar o texto, são severamente atacadas doutrinas fundamentais da fé cristã como a realidade do Inferno, infalibilidade e inspiração verbal da Bíblia, Perfeição de Deus, divindade de Cristo, Trindade, morte vicária de Cristo, etc... As omissões contam-se às centenas, as adições danificam criminosamente o sentido do texto sagrado manipulando-o conforme o arbítrio herege dos seus idealizadores.

    Pela sua inclinação ecumênica esta obra significa mais um passo na direção da apostasia dos "KAKANGÉLICOS"(do grego Kakós = mau) em direção aos braços da religião Católica Romana. A NTLH não é a Palavra de Deus e os crentes sérios que zelam pela verdade devem rejeitar essas heresias e "batalhar pela fé que uma vez foi dada aos santos" (Judas 3). O prezado leitor poderá confiar no único texto fiel da palavra de Deus em português que é distribuído pela SOCIEDADE BÍBLICA TRINITARIANA DO BRASIL que é também distribuído pelos GIDEÕES INTERNACIONAIS! Tais traduções são baseadas nos Textos INFALÍVEIS e preservados por Deus, quais sejam:

     Hebraico: Texto Massorético de 1524. 

    Grego:  Texto Recebido de 1598 usado na Bíblia King James, o monumento da reforma protestante!

     

    Ainda bem que não precisamos comprar uma nova 

    "tradução bíblica" moderna todo ano, porque a verdadeira 

     

    "...palavra do Senhor permanece para sempre." 

    (1Pe. 1:25 ACF)

     

     


    "Porque nós não somos como muitos, falsificadores da palavra de Deus..." 2Cor. 2:17


    "E se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte
    do livro da vida, e da cidade santa, que estão escritas neste livro". Apoc. 22:19


     

    BIBLIOGRAFIA

    Bíblia Sagrada - Edição Almeida Corrigida e Fiel (ACF), Sociedade Bíblica Trinitariana do Brasil, 1995.

    A Most Frightful Deception, The Good News Bible and Translator Robert Bratcher, David Cloud, 1986

    Nova Tradução na Linguagem de Hoje da SBB, 2000

    A BÍBLIA TRAÍDA, Pr. Aníbal Pereira Reis, 1976

    EXPONDO OS ERROS DA NVI, folheto, 1999

    BÍBLIAS FALSIFICADAS, ARTIGO DO JORNAL DESAFIO DAS SEITAS, Mary Schultze, Maio 2000.

    MODERN BIBLE VERSIONS, David Cloud, 1994

    THE LIVING BIBLE, BLESSING OR CURSE, David Cloud,1991

    UNHOLY HANDS ON GOD'S HOLY BOOK: A REPORT ON THE UNITED BIBLE SOCIETIES, David Cloud, 1985

     

     

     

    1ª edição Ago 2001

     

    Menu versões Bíblicas

     

    HOME