Glen Rose – Texas

Evidências de homens e dinossauros contemporâneos



Em 1909 foi encontrado no leito do Rio Paluxy, perto de Glen Rose, Texas, uma evidência muito forte da existência de homens e dinossauros na mesma época! Acharam pegadas de homem e dinossauro na mesma camada de rocha calcária! Tal importante descoberta, entretanto, não recebeu a atenção devida até 1938 quando Roland T. Bird do American Museum of Natural History visitou o local. Anos mais tarde, quando esquentou o debate sobre criação versus evolução, geólogos evolucionistas rejeitaram esta evidência criacionista alegando que as pegadas humanas foram forjadas enquanto que as pegadas dos dinossauros contudo, seriam verdadeiras...(que falta de coerência). A Bíblia relata que os dinossauros foram criados no sexto dia da semana da criação. No relato do livro de Jó, capítulos 40 e 41 encontramos a descrição do Beemote e do Leviatã que não podem ser outros, senão dinossauros remanescentes que viviam ainda no mundo pós-deluviano. A extinção dos mesmos se deveu ao fato de serem menos adaptáveis que os mamíferos e por falta de comida causada pela devastação da terra após o dilúvio global relatado em Gên. capítulos 6 a 9.

O Rio Paluxy, onde foram encontradas as pegadas encravadas no seu leito.O Sr. Clifford L. Burdick, fotografou as pegadas na camada calcária do período "Cretáceo" dando seu nome à pegada humana.

 

Pegada de dinossauro encravada no leito do rio Paluxy e reconhecida como autêntica. Esta é uma de três tipos diferentes. Todas pertencem à família do Tiranossaurus-Rex

 

 

Acima, uma das pegadas de um ser humano achadas na mesma camada do leito do rio Paluxy e nomeada "Burdick", o sobrenome do descobridor. Abaixo, a vista de cima. Note os quatro cortes transversais feitos na rocha, que comprovaram a compressão da mesma, quando estava mole, pelo pé direito, incluindo os dedos da pessoa. Irrefutável!


O comprimento é de 15 polegadas ( 38 cm), o que leva a crer que este indivíduo tinha aproximadamente 2,60m de altura! Isto nos faz lembrar de Gên. 6:4 "...haviam naqueles dias gigantes na terra..." e ainda sobre Golias em 1Sam. 17:4 "...tinha de altura seis côvados e um palmo." (aproximadamente 3 metros!) Esta pegada estava na mesma camada das pegadas dos dinossauros! Conclusão: Contemporâneos!

 

 

Para alguém que possa contestar esses gigantes, convém lembrar que no programa Globo Repórter da Rede Globo de televisão, exibido em 18/02/2000, foi entrevistado o homem mais alto do Brasil. O nome dele é Denis Albino, 26 anos. Devido a um distúrbio hormonal , media 2,27 metros de altura e calçava 54.

Porque esses fatos, como o achado do Rio Paluxy, não são conhecidos nas faculdades, nem aparecem nas revistas científicas e telejornais? Os evolucionistas tem todo o interesse nessa omissão, pois uma pegada humana no período Carbonífero (supostamente há 300 milhões de anos!) mandaria para o espaço toda a sacrossanta e intocável coluna geológica evolucionista. Um embaraço grande demais para ser surportada pelos evolucionistas. Toda a geologia estaria tão completamente errada que os geólogos teriam que ser criacionistas e se converter ao criacionismo Bíblico e consequentemente a Jesus Cristo com Senhor e Salvador, coisa que não querem. O homem dará conta a Deus um dia e certamente o reconhecimento de Deus como criador é o começo de um relacionamento honesto com Ele. Não deixe que a seita da evolução roube isso de você, pois no dia do Juízo nenhum evolucionista vai estar lá para ajudá-lo!

Só Jesus Cristo , o Homem-Deus pode ser o seu mediador!

 

"Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem"

1 Tim 2:5

QUER PESQUISAR MAIS?

LINKS INTERESSANTES:

www.icr.org

www.creationresearch.org

www.impacto.org/abpc

www.sixdaycreation.com





Elaborado por: JPMA


Menu Criacionismo

Menu principal