OS ADVENTISTAS SÃO EVANGÉLICOS?

 

NÃO!


1. A história Adventista prova que ela é uma heresia.

Um homem chamado William Miller, declarou que Jesus Cristo iria voltar em 22 de outubro de 1843 em Washington, New Hampshire. Como sempre acontece com um falso profeta, nada aconteceu e esse dia ficou marcado na história com "O Grande Desapontamento"( ver em Deut 18:20-22 o que deveria acontecer a um falso profeta no Velho Testamento). Não satisfeitos, um ano depois houve outra CENA PASTELÃO. A partir daí, surgiu outra figura chamada Ellen G. White que, depois dessa segunda cena pastelão, começou a ter diversas "visões". Numa delas, ela relatou que via a arca e os dez mandamentos. O quarto mandamento, porém, apresentava-se envolvido num "halo de glória".

Apesar dessas tristes seqüências de falsas visões e profecias claramente anti-bíblicas, muitos ingênuos deram crédito a essas pessoas. Isso se refletiu nos ensinos dos adventistas:

 

"Que o dom do Espírito de profecia é um das marcas identificadoras da igreja remanescente...Eles [Adventistas do sétimo Dia] reconhecem que esse Dom foi manifestado na vida e no ministério de Ellen White" (Perguntas sobre Doutrinas, pág. 16 , citado no livro Seventh Day Adventism, A. A. Hoekema, pág. 19)

 

Os crentes genuínos, entretanto, crêem que as Sagradas Escrituras são o Velho e o Novo Testamento, a Palavra de Deus verbalmente inspirada, a autoridade única e final para a nossa fé e vida, sem erros, infalível, inspirada e preservada por Deus ( Sal. 12:6-7, 2Tim. 3:16, 17; 2Pe. 1:20,21 Mat. 5:18)

NENHUMA OUTRA FONTE tem a autoridade da Palavra de Deus, pois a Sua revelação já cessou COMPLETAMENTE. Em Judas 1:3 lemos que a fé foi dada aos santos. Isso significa que a inspiração já foi dada DE UMA VEZ POR TODAS, e não há mais NADA a ser adicionado! Quando essa falsa profetiza iniciou o seu "ministério profético" com novas revelações, ela estava caindo na desgraça predita em Gál 1:8: Seja ANÁTEMA!

 

2. A doutrina Adventista prova que ela é uma heresia .

 

Vejamos apenas alguns ensinos heréticos do Adventismo:

 

2.1 O Adventismo ensina que em 1844 todas as igrejas haviam se corrompido...menos, é claro, os adventistas.

 

Jesus Cristo disse: "...sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela..." (Mat. 16:18 ACF).

"Porque ninguém pode pôr outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo" (1Cor. 3:11 ACF).

"Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina" (Ef. 2:20 ACF).

 

2.2 O Adventismo ensina outro evangelho (pervertido) e não aquele da Bíblia.

O evangelho do Adventismo são as OBRAS.

A Bíblia diz:

"Também vos notifico, irmãos, o evangelho que já vos tenho anunciado; (vs. 3) ...que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, (vs. 4) E que foi sepultado e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras" (1Cor. 15:1-4 ACF).

 

"Assim como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema." (Gál. 1:9 ACF)

 

2.3 O Adventismo ensina que existem profetas modernos e revelações divinas atualizadas.

O Adventismo reinvidica que os escritos de Ellen White tem o mesmo valor que as Escrituras e são revelações avançadas...(ver citação acima sobre Ellen White)

A Bíblia diz: "Havendo Deus, antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo."( Heb 1:1-2 ACF).

 

Encontramos em Deut. 18:20-22 o modo Bíblico para testar um profeta. Note que A PENA PARA UM FALSO PROFETA ERA A MORTE!

 

2.4 O Adventismo ensina que a salvação depende da guarda do sábado.

A Bíblia ensina que a salvação é através de Jesus Cristo SOMENTE:

 

"E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos" (Atos 4:10-12 ACF).

"Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; Não vem das obras, para que ninguém se glorie" (Ef. 2:8-9 ACF)

 

2.5 O Adventismo amacia a consciência do perdido, ensinando que ele será aniquilado!

 

Se não existe uma condenação eterna, Jesus é Salvador de quê? De uma aniquilação? Nada disso! Veja por si próprio o que a Bíblia ensina claramente!

 

"E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo," (Heb. 9:27 ACF).

"E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta, e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre." (Apoc. 20:10 ACF)

Note que depois do milênio, o diabo será lançado no lago de fogo, onde estavam sofrendo por mil anos, conscientemente, a besta e o falso profeta!

Em Mat 25:41-46 , a Bíblia ensina claramente que o castigo do perdido é PARA SEMPRE. Se o céu é para sempre, também o é a perdição.

 

2.6 O Adventismo ensina que foi Satanás quem levou nossos pecados e não Jesus Cristo!

 

Em Levítico 16, dois bodes expiatórios simbolizam Jesus Cristo. Um é sacrificado com derramamento de sangue, simbolizando o ato expiatório do Salvador na cruz do Calvário. O outro é solto ao deserto, simbolizando o ato de suficiência do sacrifício de Jesus Cristo retirando de uma vez para sempre os pecados do mundo (João 1:29), apresentando-se "...vivo perante o Senhor..." (Lv. 16:10). Identificar o bode expiatório com Satanás é uma blasfêmia, atribuindo ao mesmo o ato expiatório que Jesus fez!

 

CONCLUSÃO:

 

O Adventismo, pela sua história vergonhosa e pelos seus ensinos heréticos se enquadra como uma falsa religião. Apesar de muitos adventistas serem pessoas honestas, educadas, bons cidadãos, sustentarem hospitais, boas escolas, e terem bons hábitos de alimentação, isso nada tem a ver com os seus ensinos em matéria de fé, que são claramente contra a Palavra de Deus. Os evangélicos não se enganem: batalhemos "...pela fé dada aos santos." (Judas 1:3 ACF)

 

(Todas as citações Bíblica da tradução ALMEIDA CORRIGIDA E FIEL: ACF)

 


Ensinos Anti-Bíblicos